Totí: minha gata escaminha

Adotei uma nova gatinha, mas algo não saiu como o esperado! Um conflito de diferentes personalidades felinas se instaurou em minha casa e o processo de adaptação entre os gatos residentes e a nova gata escaminha se tornou um grande problema!


gpw-o-pulo-do-gato#1

Sempre amei as gatinhas tortoiseshell ou escaminhas e, quando pude, adotei uma.

#2

Totí ainda era um bebezinho e eu preparei para ela um quarto com toda a infraestrutura necessária e muita diversão para que ela passasse o período de quarentena em nossa casa.

#3

Apesar dos cuidados, percebi que as diferenças de temperamento entre Irá e Totí poderiam ser bem mais graves e fora do normal.


Desde que comecei a conhecer o mundo dos gatos, me encantei com as gatas “escaminhas”, ou tortoiseshell. A pelagem ocorre somente em fêmeas (em torno de 99%) e é uma mistura linda de pelos amarelos e pretos. As escaminhas são conhecidas pela personalidade forte e, claro, pela beleza fora do comum. Então, quem não quer ter uma escaminha, não é? Infelizmente, a resposta não é a óbvia. Muita gente acha a pelagem “feia” e até confunde as manchas com doenças de pele. Então elas sofrem preconceito e tem dificuldade em serem adotadas.

toti-1

Eu já vinha considerando a ideia de aumentar o nosso grupo aqui em casa, pra ver se Iraci finalmente arranjava alguém pra se aconchegar, já que Jaguá não queria ela e ela não me queria. E quando chegou um pedido de ajuda para uma pequena escaminha que havia sido resgatada e precisava urgentemente de um lar temporário ou definitivo, não pude resistir: “amanhã eu pego pra mim”.

Era uma bebezinha tão fofinha e suave, com uma carinha de mariposa e olhinhos de coruja. Totí viveu uma “primeira infância” bem tranquila, na medida do que uma gata gigante à espreita do lado de fora do quarto pode permitir. Mas, com a sua inocência de bebê, vivia alheia a todos os perigos, apenas descobrindo o mundo do seu quarto cheio de brinquedos, aventuras e amor da mamãe.

toti-2

Ela teria que ficar na quarentena pré-vacinação/vermifugação/desparasitação, além da castração e o pós-operatório. Seria o tempo mais que suficiente para uma adaptação completa e tranquila, SE tudo fosse como é em em grande parte dos casos de adaptação entre gatos…

Totí foi crescendo rápido e ficando curiosa com o mundo lá fora, além de ir conhecendo o irmão mais velho, que se mostrou totalmente carinhoso e interessado em ajudar a irmãzinha a aprender a ser gata toti-3
Irá e Jaguá são dominantes, mas de formas diferentes. Jaguá é sociável e curioso e Irá é bicho do mato e não quer saber de novidade. Já a personalidade de Totí é muito medrosa e submissa e, enquanto Jaguá assumiu os cuidados dela, Irá não conseguia aceitar esse comportamento de jeito nenhum. Para Irá, Totí era uma ameaça, algo que poderia interferir em sua segurança territorial ou alimentar. Então, deveria ser eliminada!

Apesar disso, com muito amor, paciência, tratamento apropriado e muitos exercícios de convivência, temos conseguido viver com paz e tranquilidade e a minha Gordinha dengosa está cada dia mais linda, fofa, feliz e saudável.
toti-4

E foi assim que meus gatinhos viraram os Gatinhos Problema!

Acompanhe nossos posts e conheça mais sobre a Gordurinha Localizada do meu coração, que aos pouquinhos vai ganhando confiança e conquistando seu território em casa, mas ainda tem muito o que aprender!

<3

Compartilhe:

One thought on “Totí: minha gata escaminha”

  1. Pingback: Irá x Totí: estratégias para uma adaptação longa e difícil (Parte I) - Gatinhos Problema

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *